Novo estudo aponta outro fim para as células gordas aquando da perda de peso.

Embora seja comum a ideia de que, quando queimamos gordura, o nosso corpo transforma-a em energia, tal ‘vai contra a lei da conservação da matéria, que todas as reações químicas obedecem’ garante um grupo de cientistas da Universidade Novas Gales do Sul, na Austrália.

Foi desta ideia que partiu o estudo agora publicado onde é apresentado o argumento de que, quando queimamos gordura, estamos na verdade a transformar as células gordas em água e dióxido de carbono.

Segundo um dos autores do estudo, se perder dez quilos de gordura, 8,4Kg serão expelidos pelos pulmões e os restantes 1,6kg sob a forma de suor ou água.

Contudo, a única forma de expulsar estas células do seu corpo será através da atividade física que triplica a expulsão de dióxido de carbono que se verifica durante uma normal atividade diária. Esta prática, quando complementada com uma alimentação saudável e uma boa noite de sono (durante a qual também expulsamos dióxido de carbono), é a forma mais saudável e indicada de se perder peso.